Pronto Atendimento: Estamos atendendo novos casos

+55 41 3087-7600

Coronavírus: o que você precisa saber sobre o isolamento social

O combate ao coronavírus exige a mudança de uma série de hábitos para garantir a proteção das pessoas. Nesse momento, a prevenção é a melhor maneira de evitar a contaminação pelo vírus e, por isso, a quarentena e o distanciamento social são fundamentais.

O isolamento domiciliar deve ser realizado pelas pessoas infectadas pela COVID-19 ou com suspeita de infecção. No entanto, apenas ficar em casa não é o suficiente e os moradores devem seguir uma série de orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde para evitar que o coronavírus se espalhe.

Como realizar o isolamento domiciliar?

Se uma pessoa receber um diagnóstico positivo de COVID-19, ela deve ficar isolada em casa por 14 dias, assim como os outros moradores do local. 

Separar objetos pessoais, evitar permanecer no mesmo cômodo que a pessoa infectada e utilizar máscaras em ambientes compartilhados são algumas das medidas que devem ser adotadas.

Sempre que possível, o morador deve permanecer em quarto exclusivo e restrito, com a porta fechada e as janelas abertas para manter o ambiente ventilado. Também é importante evitar contato direto com outros moradores e manter uma distância mínima de dois metros, utilizando máscara cirúrgica caso o contato seja necessário.

Além disso, o próprio paciente com a doença deve fazer a higienização do quarto e do banheiro após o uso. 

Os objetos pessoais e utensílios de alimentação devem ser exclusivos para o morador e qualquer material que tenha sido utilizado para a limpeza de secreções (lenços, papel higiênico, máscaras etc.), deve ser colocado em um saco plástico e destinado corretamente.

O Hospital Marcelino Champagnat divulgou uma série de orientações gerais para a COVID-19 que estão disponíveis no site.

O que fazer ao chegar em casa para se prevenir do coronavírus

A principal forma de combater a disseminação do coronavírus é respeitar a quarentena e o distanciamento social, evitando sair de casa. Porém, se for necessário, a recomendação é usar máscaras de pano e manter dois metros de distância de outras pessoas. 

Após tocar em superfícies, como maçanetas ou botões de elevador, por exemplo, higienize as mãos com álcool em gel 70% ou lave as mãos e punhos com água e sabão. A higienização também deve ser feita se você tocar em dinheiro, cartão ou máquinas de pagamento. 

Lembre-se de não encostar no rosto, boca, nariz e olhos sem higienizar ou lavar as mãos.

Ao chegar em casa, algumas medidas que ajudam a evitar a disseminação do coronavírus envolvem tirar os sapatos antes de entrar e deixar as chaves, carteira e bolsa na entrada do local. 

Não encoste em nada antes de lavar bem as mãos com água e sabão, incluindo os punhos e a parte interna das unhas.

Assim que chegar, tire as roupas que usou na rua e coloque-as diretamente na máquina de lavar. Depois, tome um banho e coloque uma roupa limpa.

Sempre que possível, limpe os objetos como celular, óculos, relógio, bolsas, mochilas, chaves, entre outros, com álcool 70%. Com essas orientações, você contribui para o combate ao coronavírus e mantém a sua segurança e das pessoas ao seu redor.

A importância da saúde física e mental em tempos de isolamento social

A prevenção contra o coronavírus é importante, mas também é preciso cuidar de outros aspectos da saúde física e mental. Para isso, a prática regular de exercícios físicos contribui para o bem-estar geral, diminui o estresse, a ansiedade e melhora a imunidade.

A alimentação saudável e a ingestão de líquidos como água, sucos naturais e chás, por exemplo, também contribuem para a saúde e ajudam a controlar doenças preexistentes. Além disso, interagir com outras pessoas, mesmo a distância, ler e criar uma rotina saudável ajudam a manter a saúde mental durante o isolamento.

Devido à pandemia, muitas pessoas passaram a fazer trabalho remoto e precisaram se adaptar à nova rotina. Confira algumas dicas para garantir a ergonomia do home office:

  • Escolha um ambiente sem excesso de luminosidade e de ruídos para trabalhar;
  • Evite posicionar o monitor do computador contra raios solares ou de luz artificial para impedir reflexos diretos na tela;
  • Faça pausas regulares para se movimentar e fazer alongamentos;
  • Posicione o monitor na altura dos olhos, mantenha os pés no chão e a coluna reta.

Desde o início da pandemia, o Hospital Marcelino Champagnat adotou um protocolo de segurança máxima para isolar os casos relacionados ao COVID-19 está realizando o atendimento de acordo com as normas internacionais de saúde.

O hospital faz parte do Grupo Marista e é referência em procedimentos cirúrgicos de média e alta complexidade, além de serviços diferenciados de check-up.  Planejado para atender a todos os quesitos internacionais de qualidade assistencial, é o único do Paraná certificado pela Joint Commission International (JCI).

Para saber mais sobre isolamento social e os cuidados especiais para o grupo de risco da COVID-19, acesse o site e acompanhe nossas redes sociais.

Compartilhe nosso post!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Grupo Marista unifica direção dos hospitais Universitário Cajuru e Marcelino Champagnat