Saiba mais

Pronto Atendimento

Conheça a classificação de prioridade do nosso Pronto Atendimento:

Emergência

Pacientes cujo atendimento não pode aguardar. O atendimento precisa ser imediato.

Muito urgente

Pacientes que precisam ser atendidos o mais rápido possível. Atendimento em aproximadamente 10 min.

Urgente

Pacientes com necessidade de atendimento rápido, mas que podem aguardar. Atendimento em aproximadamente 30 min.

Pouco urgente

Pacientes que podem aguardar atendimento por algum tempo. Atendimento em aproximadamente 90 min.

Não urgente

Pacientes que podem aguardar ou procurar atendimento eletivo. Atendimento sem estimativa aproximada de tempo.

Pacientes em estado de emergência têm prioridade e poderão passar na frente de outros pacientes que estão na fila de atendimento.

O Pronto Atendimento é um serviço exclusivo de emergência. Por isso, não realizamos:

  • Atendimentos eletivos, como investigação de queixas crônicas.
  • Emissão de atestados e exames físicos para concursos e atividades físicas.
  • Prescrição de medicamentos controlados para uso contínuo.
  • Testes de gravidez.
Tempo de Espera
Saiba mais

Pronto Atendimento

Conheça a classificação de prioridade do nosso Pronto Atendimento:

Emergência

Pacientes cujo atendimento não pode aguardar. O atendimento precisa ser imediato.

Muito urgente

Pacientes que precisam ser atendidos o mais rápido possível. Atendimento em aproximadamente 10 min.

Urgente

Pacientes com necessidade de atendimento rápido, mas que podem aguardar. Atendimento em aproximadamente 30 min.

Pouco urgente

Pacientes que podem aguardar atendimento por algum tempo. Atendimento em aproximadamente 90 min.

Não urgente

Pacientes que podem aguardar ou procurar atendimento eletivo. Atendimento sem estimativa aproximada de tempo.

Pacientes em estado de emergência têm prioridade e poderão passar na frente de outros pacientes que estão na fila de atendimento.

O Pronto Atendimento é um serviço exclusivo de emergência. Por isso, não realizamos:

  • Atendimentos eletivos, como investigação de queixas crônicas.
  • Emissão de atestados e exames físicos para concursos e atividades físicas.
  • Prescrição de medicamentos controlados para uso contínuo.
  • Testes de gravidez.

Uma alternativa eficiente para o tratamento da estenose aórtica

Doença que atinge de 2–10% das pessoas com mais de 65 anos, a estenose aórtica vem crescendo, na atualidade, em razão do aumento da expectativa de vida e do consequente envelhecimento da população. A TAVI é uma cirurgia minimamente invasiva que permite corrigir esse problema.

Neste artigo, o Dr. Rômulo Torres, cardiologista intervencionista do Hospital Marcelino fala, em detalhes, sobre o procedimento.  Confira!

TAVI: a técnica que revolucionou a cardiologia

(por Dr. Rômulo Torres)

O implante por cateter de bioprótese de valva aórtica, mais comumente chamado de TAVI, é o procedimento que permite ao médico inserir uma nova válvula no coração sem necessidade de realizar cirurgia cardíaca com abertura do tórax. Por meio de técnica percutânea, uma pequena punção é realizada de preferência na região da perna e, através desse acesso, o dispositivo é transportado até o local desejado.

A visualização do material dentro do corpo se dá a partir de uma fonte de raio x contínua chamada fluoroscópio. Esse equipamento está presente nas salas de hemodinâmica, onde rotineiramente ocorrem exames de cateterismos e angioplastias.

O procedimento é indicado para casos de estenose aórtica, que consiste na obstrução progressiva da passagem de sangue que sai do coração para o resto do corpo. Esse problema é ocasionado pela degeneração e calcificação progressiva da valva.

Alívio de sintomas e maior sobrevida

O estreitamento pode levar a uma sobrecarga cardíaca e, se não tratado, tem prognóstico semelhante a alguns tipos de câncer, com expectativa de vida entre 2 e 4 anos dependendo da gravidade do quadro. Os sintomas relacionados são falta de ar, dor no peito e desmaios que limitam a qualidade de vida e a longevidade. Não há tratamento medicamentoso que solucione esses casos e, por isso, a correção do defeito da valva é fundamental para alívio do quadro clínico e aumento da sobrevida.

O primeiro caso de TAVI no mundo foi realizado em 2002, na França, pelo professor Alain Cribier e, atualmente, tornou-se a intervenção de primeira escolha para grande parte dos pacientes. Na última década, o desenvolvimento da técnica revolucionou o manejo dos pacientes com estenose aórtica. Melhorias contínuas, tanto nos dispositivos quanto na abordagem, possibilitam que hoje o procedimento seja realizado de forma menos invasiva, sem necessidade de anestesia geral e ventilação mecânica, não deixando cicatrizes cirúrgicas.

Em comparação à cirurgia convencional aberta, observamos redução no tempo de hospitalização e permanência em unidade de terapia intensiva além de menor incidência de complicações como insuficiência renal, sangramentos e arritmias. Pelo caráter menos traumático, é possível caminhar nos primeiros dias após o procedimento e retornar as atividades habituais de forma mais rápida.

Cuidado especializado

Todos os casos indicados para receber o tratamento passam por análise detalhada com exames como ecocardiografia e angiotomografia cardíacas, além da discussão clínica entre um time de especialistas nas áreas de cardiologia intervencionista, cirurgia cardíaca, cardiologia, imagem cardiovascular e anestesiologia. É fundamental realizar uma avaliação criteriosa do estado clínico, dos dados anatômicos, levar em consideração a opinião do paciente e a experiência da equipe envolvida.

O Hospital Marcelino Champagnat conta com especialistas dedicados no tratamento percutâneo de valvas cardíacas, além de equipamentos para exames de imagem cardiovascular, equipe de cardiologia e unidade de terapia intensiva cardíaca 24 horas por dia.

É importante que os pacientes com defeitos valvares recebam atenção especializada desde o início do quadro, durante a intervenção até o seguimento pós-operatório intra e extra hospitalar. Essa abordagem envolve diferentes esforços no atendimento aos pacientes, com a intenção de proporcionar o melhor tratamento em todas as etapas, sempre priorizando a segurança e os melhores resultados.

Compartilhe nosso post!

Sociedade de Endocrinologia recomenda restrição na suplementação de vitamina D 

Combustível para salvar vidas: doações de sangue são essenciais para manter sistema de saúde 

V Congresso Internacional Ibero-Americano de Bioética acontece em Curitiba 

Higienização das mãos: um dos pilares da segurança para o paciente

Hospitais de Curitiba recebem prêmio de excelência em saúde

Você sabia que 40% dos casos de câncer poderiam ser prevenidos evitando fatores de risco?
Novo equipamento faz mapeamento do coração em 3D que oferece maior precisão. Hospital Marcelino Champagnat é o único do Paraná a dispor dessa tecnologia.
O evento terá duração de três dias, finalizando em 11 de março. A última edição aconteceu em formato on-line e, por isso, as datas mencionadas marcam o retorno presencial do Congresso, que dessa vez será em São Paulo – SP.
A arritmia cardíaca é uma condição caracterizada pela falta de ritmo nos batimentos do coração. Ela pode ser sintoma de algum problema (físico ou psicológico) para o organismo ou fruto de um desequilíbrio do próprio órgão.
Nova regra da Fifa prevê retirada do jogador da partida após pancada na cabeça; 13% das contusões graves do Mundial de 2018 foram de choques na cabeça e região cervical
Você conhece as causas do esquecimento e quando é o momento ideal para procurar um neurologista? Saiba já com nosso especialista.
Câncer de próstata levou a 44 mortes diárias de brasileiros em 2021, mas doença não é a única que recebe diagnóstico tardio pela falta de acompanhamento médico dos homens
Ex-técnico da Seleção Brasileira de Futebol, Felipão, faz palestra nos hospitais Universitário Cajuru e Marcelino Champagnat.
Estudos indicam que casos de demência podem triplicar até 2050; esquecimento nem sempre está presente entre os primeiros sintomas da doença
Confira os sintomas e situações que são indicativos para a busca do Pronto Atendimento do Hospital Marcelino Champagnat
Recomendado é fazer uma consulta antes da viagem e providenciar receitas médicas em inglês para não passar apertos
Procedimento pioneiro no Paraná foi realizado no Hospital Marcelino Champagnat e é indicado para pacientes com alto risco cirúrgico
Resistência a antibióticos pode levar à morte de 10 milhões de pessoas por ano a partir de 2050
Apesar de menos nocivo que o cigarro comum, dispositivo oferece risco de infarto e doenças pulmonares
Casados há 64 anos, Izan e Albanita ficaram 12 dias separados; melhora foi significativa após equipe de saúde unir os dois
30% das pessoas que sofrem de hipertensão desconhecem o diagnóstico por falta de sintomas
Número de testes caiu durante a pandemia; tratamento garante qualidade de vida, mas preconceito contra infectados ainda é grande